top of page

No Halloween olha para os teus fantasmas!

No Halloween aceitamos todos os fantasmas, todas as bruxas e esqueletos, olhamos para eles e deixamo-los ficar na decoração das escolas, dos espaços públicos e até sorrimos enquanto os vemos.


Mas, paradoxalmente, na nossa vida aceitamos pouco os nossos fantasmas e os nossos lados negros, preferimos deixa-los de lado e bem longe de nós. Ora reparem como teimamos em fugir das nossas dores, das nossas angústias, das nossas tristezas, das nossas preocupações, que é como quem diz de todos os nossos fantasmas interiores.


Fugimos deles porque temos a ilusão de que, quanto mais fugirmos deles, menos eles nos vão incomodar e menos impacto terão no nosso dia a dia. Porque temos a ideia que só os mantendo longe, os poderemos controlar.


Na verdade, não poderíamos estar mais enganados, é quanto menos nos predispomos a pensar acerca de tudo aquilo que vive dentro de nós e de todos os nossos fantasmas, que mais impacto eles têm no nosso dia a dia, que mais proporções descontroladas eles tomam.


Por isso, este ano, temos o secreto desejo de Halloween que, à boleia deste dia, todos nos permitamos a recolher e olhar para dentro. Olhar para tudo aquilo que são os fantasmas que - de forma persistente - tentamos fugir.


É, garantidamente, ao olharmos para os nossos fantasmas de frente, enquanto fazemos o exercício de os desconstruir e de pensar sobre tudo aquilo que eles refletem do nosso interior, que conseguimos reduzir à mínima o impacto que terão no nosso dia a dia e no nosso interior.


Só assim, olhando para os fantasmas de frente como no Halloween, poderemos almejar mais bem-estar e mais saúde, quer mental, quer física.



10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

> Marque a sua consulta 

bottom of page