Brincar deve ser prioritário: Quer saber porquê?

As crianças são o alvo de muitas das expectativas dos adultos e, de expectativa em expectativa, vamos exigindo muito às nossas crianças. Exigimo-lhes que trabalhem arduamente para obter bons resultados escolares, se, porventura, demoram um pouco mais de tempo a ler ou a escrever, em vez de lhes darmos espaço para aprenderem, ficamos muito assustados à volta delas e exigimo-lhes cada vez mais. E, ao mesmo tempo que o fazemos, deixamos muito pouco espaço às crianças para serem efetivamente crianças, explorarem, perderem-se no seu imaginário e brincarem livremente.

Por isso, é urgente darmos espaço às crianças para brincarem e para serem crianças. Ao mesmo tempo que uma criança brinca desenvolve um grande conjunto de competências e, principalmente, torna-se cada vez mais livre e feliz. Para além disso, o brincar é uma óptima forma de fortalecer laços e de criar uma ponte de cumplicidade entre a criança e a família.


Assim, se quer brincar com o seu filhos dando-lhe espaço para crescer livremente e ser criança, deixamo-lhe algumas dicas:

1- Facilitem a brincadeira livre - isto é, permitam que a criança explore o ambiente sem direcionar a brincadeira, ou seja, permitam que a partir de uma caixa de cartão possa, por exemplo, criar uma toca ou uma nave espacial, deixando que a criança possa dar asas à sua imaginação e criatividade.


2 - Brinquem com plasticina e areias mágicas - ao brincar com este tipo de materiais a criança estimula a motricidade fina, essencial à escrita, por exemplo, e ao mesmo tempo, é uma óptima forma de aliviar o stress.

3 - Optem por jogos de regras - os jogos de regras além de promoverem momentos de ligação familiar, desenvolvem o raciocínio pratico, facilitam a adaptação às normas sociais e desenvolvem a tolerância à frustração

4 - Construam histórias - A capacidade de construir histórias é essencial para estruturar o pensamento, desenvolver a criatividade e a intuição, paralelamente é uma alavanca para a resolução de conflitos. Por isso, através de imagens, desenhos, ou simplesmente de forma livres, construam muitas histórias.


5 - Brincar com blocos e legos - Ser capaz de, a partir de um conjunto de blocos construir uma torre, ou a partir de legos fazer uma castelo, desenvolve a coordenação psicomotora e implica através de partes isoladas construir um todo, contribuindo para a organização do pensamento.

6 - Façam teatros - quando uma criança brinca a fazer teatros acerca da família, da escola ou dos amigos, está também a elaborar e a compreender as suas relações, dando-lhes significado e experimentam vários papéis.

Assim, se queremos que as crianças desenvolvam competências, que se expressem e que cresçam de forma saudável, dando significado a tudo o que vivenciam, nunca nos podemos esquecer que o brincar é das principais ferramentas para promover esse crescimento de forma robusta e sustentada.

#escoladosentir


1 visualização0 comentário

Siga-nos em:

  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2020 by Escola do Sentir

910773647

Rua Abel Botelho 8A - Lisboa